Projeto Escola no Legislativo completa três anos com ótimos resultados

0
829

O projeto Escola no Legislativo realizado pela Câmara Municipal de Itapevi é originário da lei 1899 de 23 de novembro de 2007, que prevê a visita dos alunos das escolas na Câmara Municipal.

A Câmara Municipal de Itapevi foi uma das pioneiras a aplicar o projeto Escola no Legislativo, sendo modelo para as demais Casas de Leis de todo o país, que já demonstraram interesses em aplicar e seguir os moldes de Itapevi.

O projeto Escola no Legislativo para quem não conhece é a oportunidade aproximar os estudantes do Poder Legislativo, contribuindo para a compreensão do funcionamento da Casa de Leis, abrindo espaço para debates e pesquisas relacionadas ao tema, propiciando ainda uma formação voltada ao desenvolvimento cultural de uma geração.

 “O Projeto Escola no Legislativo é muito aceito pelas escolas e principalmente pelos alunos, que gostam de visitar a Câmara. Esse projeto desenvolve diversas habilidades como no registro da visita, na prática da escrita, o incentivo a participar do meio onde vive, cria o senso de participação e de atuação, e principalmente gera a reflexão do que é o Legislativo, propiciando um contato mais direto com os vereadores e com as leis. Com esse projeto é possível trabalhar português, história, e até o direito abordando a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e Adolescente, dessa forma formando cidadãos”, relatou Edgar José Fiusa, Secretário de Educação e Cultura.

Com três anos, o projeto já vem dando seus frutos, foi destaque na matéria “Dar e receber” no jornal Folha de São Paulo, na edição de segunda, 22 de fevereiro, no caderno Cotidiano. Captando a essência do projeto, os alunos da escola municipal Flor de Lis, estimulados pela professora Simone Alves, que ao participar do projeto deram continuidade no trabalho e reuniram-se com os moradores locais para e elaborarem propostas de melhorias para o bairro, as mais importantes foram encaminhadas ao presidente da Câmara, Marcos Godoy – Teco, que transformou em ofícios para o Poder Executivo. Através dessa ação conquistaram o médico – Clinico Geral nos dois períodos do funcionamento do PSF da Vila Santa Rita. Dessa forma, tantos os alunos, quanto pais, moradores e o corpo docente se uniram e exerceram sua cidadania.

 “O projeto Escola no Legislativo despertou nos alunos a questão dos direitos, a conscientização do voto, o aprendizado com relação a função do vereador, e de quem cobrar  e informar as reivindicações e melhorias para o bairro e para cidade, exercendo assim a cidadania”, disse Ivanir Gersi da Silva – diretora da Escola Flor de Lis.

 A parceria entre a Câmara e a Secretaria de Educação e Cultura, de forma sintonizada vem atingindo seus objetivos que é a de contribuir na formação da cidadania das futuras gerações.