Câmara de Itapevi implanta comissão temporária da saúde

0
583

Passarão por acompanhamento da comissão: a revisão da legislação municipal, estrutura da saúde municipal, cooperação entre entes federativos e debates visando melhorias aos serviços

Os vereadores aprovaram por unanimidade na sessão ordinária da última terça-feira, 2, projeto de resolução (3/2021) que constitui a Comissão Temporária de Assuntos Relevantes com o objetivo de promover estudos e debates relacionados ao sistema municipal de saúde de Itapevi.

Proposta pelos vereadores Rogério Fisioterapeuta (PSDB), Professor Rafael (Pode) e Maurício Japa (DEM), a comissão vai promover estudos visando a melhoria da legislação municipal, propor medidas que elevem a qualidade de vida por meio do sistema municipal de saúde, solicitar informações aos órgãos competentes, promover audiências públicas e atender a legislação vigente.

A iniciativa dos parlamentares em debater a saúde municipal vai ao encontro do anseio da população, apontados em pesquisas realizadas pelo Ibope em nos anos de 2012 e 2016, onde os entrevistados indicaram a saúde como o maior problema da cidade. No primeiro levantamento, 2012, 71% dos entrevistados apontaram a saúde como o principal problema. Quatro anos depois, 2016, a saúde seguia como líder em reclamações, com 71,4%, uma variação de 0,04% em relação a 2012.

Tanto em 2012 e 2016, foram entrevistados 504 eleitores a partir dos 16 anos, com diferentes níveis de escolaridade. Segundo o Ibope, o intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.   

Coautor do projeto de resolução, o vereador Rogério Fisioterapeuta (PSDB) conversou com à reportagem do site da Câmara sobre a importância da comissão. Dê um play e confira:

A comissão será formada por cinco vereadores membros, que terão seis meses para apresentar o resultado do estudo proposto. Porém o prazo pode ser prorrogável por igual, mediante pedido submetido ao plenário da Casa de Leis, o qual deve obter maioria simples para prorrogação dos trabalhos.

Os integrantes da comissão serão nomeados nos próximos dias, respeitando a proporcionalidade das bancadas.

Unidades municipais de saúde

Atendendo as diretrizes constitucionais de atenção básica à saúde estabelecidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde), a rede municipal de saúde conta com 27 equipamentos públicos para atender uma população, segundo o IBGE, estimada em 2020 de 240.961 pessoas.  

Clique e veja qual unidade saúde está mais perto de você.