Câmara de Itapevi é premiada na 2ª edição da Maratona de Defesa dos Direitos dos Usuários de Serviços Públicos

0
123

A Ouvidoria Geral da Câmara de Itapevi, comandada pelo jornalista Marcelo Damasceno, conquistou o segundo lugar na 2ª edição da Maratona de Defesa dos Direitos dos Usuários de Serviços Públicos, promovida pela Rede Nacional de Ouvidorias, na Categoria 3 – “Ouvidorias públicas vinculadas a municípios com população estimada para 2021 entre 100.001 e 500.000 habitantes”.

As ouvidorias foram divididas em quatro categorias, de acordo com o tamanho dos municípios a que estão vinculadas. O anúncio ocorreu agora em 4 de novembro, no portal da CGU (Controladoria Geral da União).

Promovida pela Rede Nacional de Ouvidorias, a maratona movimentou as redes sociais durante o mês de junho, com publicações sobre os direitos dos usuários dos serviços públicos e do papel das ouvidorias, e contou com 173 ouvidorias inscritas, sendo 63 delas finalistas, ou seja, que apresentaram seus quantitativos de visualizações, no período de execução da Maratona.

                                                    “O resultado que obtivemos na Maratona reflete o bom trabalho realizado em equipe”.  Leda Cordeiro

“O resultado que obtivemos na Maratona reflete o bom trabalho realizado em equipe, priorizando sempre o atendimento ao cidadão de forma clara e buscando a resolução do pedido. Ação que resultou nessa importante conquista para nossa Ouvidoria”, afirmou Leda Cordeiro da Unidade de Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)

Com 244 mil habitantes, a Câmara de Itapevi obteve 14.699 visualizações, e ficou atrás apenas da Ouvidoria-Geral do Município Vitória da Conquista/BA, com 225.333 visualizações. O terceiro lugar ficou com a Prefeitura Municipal de Várzea Grande/MT, com 1.351 visualizações.

                                                  “A premiação nos surpreendeu, pois eram 173 participantes de diferentes regiões do país”. Damasceno

“A premiação nos surpreendeu, pois eram 173 participantes de diferentes regiões do país.  E sinaliza um reconhecimento do cidadão sobre um trabalho diário dos servidores e da ouvidoria na missão de estabelecer um diálogo cotidiano com diferentes segmentos da sociedade e, principalmente, na defesa dos direitos das pessoas se manifestarem em uma democracia”, disse o Ouvidor Geral, Marcelo Damasceno.

 

CONFIRA AS VENCEDORAS EM CADA CATEGORIA:

Categoria 1 – “Ouvidorias públicas vinculadas a municípios com população estimada para 2021 de até 20.000 habitantes”:

1º lugar: Prefeitura Municipal de Espírito Santo do Turvo/SP, com 10.406 visualizações;

2º lugar: Prefeitura Municipal de Araputanga/MT com 2.445 visualizações; e

3º lugar: Câmara de Vereadores de Iporã do Oeste/SC com 866 visualizações.

Categoria 2 – “Ouvidorias públicas vinculadas a municípios com população estimada para 2021 entre 20.001 e 100.000 habitantes”:

1º lugar: Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis/MT, com 80.615 visualizações;

2º lugar: Prefeitura Municipal de Nova Odessa/SP, com 9.534 visualizações; e

3º lugar: Câmara Municipal de Embu-Guaçu/SP, com 6.607 visualizações.

Categoria 3 – “Ouvidorias públicas vinculadas a municípios com população estimada para 2021 entre 100.001 e 500.000 habitantes”:

1º lugar: Ouvidoria-Geral do Município Vitória da Conquista/BA, com 225.333 visualizações;

2º lugar: Câmara Municipal de Itapevi/SP, com 14.699 visualizações; e

3º lugar: Prefeitura Municipal de Várzea Grande/MT, com 1.351 visualizações.

Categoria 4 – “Ouvidorias públicas vinculadas a municípios com mais de 500.000 habitantes e ouvidorias vinculadas aos estados e ao Distrito Federal e ouvidorias públicas vinculadas a órgãos federais”:

1º lugar: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, que alcançou 238.944 visualizações.

2º lugar: Colégio Pedro II, com 110.821 visualizações; e

3º lugar: Ouvidoria-Geral do Tribunal de Justiça de Pernambuco com 76.147 visualizações no total.

 

SOBRE A MARATONA

A Maratona de Defesa dos Direitos dos Usuários de Serviços Públicos visa ao cumprimento da Ação CGU 43 do Plano Anticorrupção do Governo Federal e se firma no calendário da Rede Nacional de Ouvidorias como um evento de promoção de conhecimento e estímulo ao engajamento dos usuários de serviços públicos na busca constante pelo aperfeiçoamento dos serviços que são prestados pelos órgãos à sociedade.

A ideia da Maratona é celebrar o aniversário da Lei de Proteção e Defesa do Usuário do Serviço Público (Lei nº 13.460/2017), que foi publicada para regulamentar os mecanismos de participação, proteção e defesa dos direitos dos usuários de serviços públicos em âmbito federal, estadual, distrital e municipal. Esta é a primeira Lei nacional a tratar das Ouvidorias Públicas como instrumento de defesa de direitos, de melhoria da gestão e de mediação da relação entre cidadão e Estado no Brasil.

Nesta 2ª Maratona, as ouvidorias participantes utilizaram suas redes sociais para informar sobre suas atividades e serviços oferecidos pelo órgão a que estão vinculadas, levando a todos o conhecimento da Lei 13.460/17, que dispõe sobre participação, proteção e defesa dos direitos do usuário dos serviços públicos da administração pública. 

A proposta foi para que as ouvidorias (federais, estaduais ou municipais) desenvolvessem ações para engajar o cidadão sobre seus direitos. Em relação à edição anterior, realizada em 2021, o número de visualizações das publicações aumentou em 96%. Foram 1.540.114 visualizações frente 783.679 da primeira anterior.

Esta edição da Maratona focou principalmente na importância da produção e divulgação da carta de serviços e da avaliação dos serviços pelos órgãos e entidades públicas, que são dois pontos importantes regulamentados pela Lei 13.460/17.