Câmara de Itapevi aprova Resolução que institui campanha “Outubro Rosa”

0
173

Os vereadores de Itapevi aprovaram na sessão extraordinária desta terça-feira, dia 19 de outubro, o Projeto de Resolução nº 041/2021, que institui a campanha “Outubro Rosa” no âmbito da Câmara Municipal de Itapevi. A propositura é de autoria do presidente do Legislativo, Professor Rafael, que anunciou uma série de ações alusivas à campanha mundial de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama – o “Outubro Rosa”.
“As ações na Câmara de Itapevi visam ampliar as iniciativas para alertar mulheres e a sociedade em geral para o papel da prevenção e do diagnóstico precoce da doença no aumento das chances de cura e na redução da mortalidade”, afirmou o Professor Rafael.

Estatísticas – No Brasil, as campanhas de prevenção são realizadas desde 2002, e, recentemente, a conscientização sobre o câncer de colo de útero também passou a integrar as atividades desenvolvidas durante o “Outubro Rosa”. Nos dois casos, a pandemia de Covid-19 dificultou o acesso ao diagnóstico de prevenção.

O câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete as mulheres brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. A doença também é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ainda ocupa o primeiro lugar.

Nos homens, o câncer de mama é raro, representando menos de 1% do total de casos da doença. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida; outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Em 2021, foram estimados 66.280 novos casos de câncer de mama, o que representa uma taxa de incidência de 43.74 casos por 100.000 mulheres (INCA, 2020). A incidência do câncer de mama tende a crescer progressivamente a partir dos 40 anos, assim como a mortalidade por essa neoplasia (INCA, 2019).