Câmara de Itapevi aborda racismo estrutural em audiência pública

0
95

A CRJ debateu o tema com entidades, conselhos representantes do Executivo e Legislativo

Na manhã desta quarta, 22, a Câmara Municipal de Itapevi, por meio da Comissão de Justiça e Redação (CRJ), promoveu o segundo encontro da Audiência Pública  sobre os “Direitos da População Afrodescendente e o Combate ao Racismo”, com foco no Racismo Estrutural.

O encontro foi conduzido no plenário “Bemvindo Moreira Nery” pelo vereador Aparecido (Podemos). Também participaram da audiência, os vereadores Zetti (PSB), Professora Camila (PSB), Rogério Fisioterapeuta (PSDB) e Zeca da Piscina (PTB).

Os debatedores destacaram a necessidade de políticas públicas de reparação para combater práticas enraizadas na sociedade por meio da educação. Para Roberta Maria de Souza Piovezan, do Proracial, “a educação antirracista vem ganhando força para que cada vez mais pessoas não compactuem com a manutenção do racismo estrutural.”

Na mesma linha, o Professor Jarbas Vargas Nascimento destacou que a percepção do racismo estrutural no ambiente escolar, assim como em outros locais, é algo que por vezes se torna difícil de identificar, apesar de se fazer presente no cotidiano, uma vez que sendo estrutural, o racismo muitas vezes se manifesta nas sutilezas. “É mais claro quando se trata de uma discriminação, mas como estamos falando de racismo estrutural, isso significa que não está no sujeito, mas nas estruturas, ou seja, naquilo que dá base às relações.

 

Veja como foi o debate

 

O racismo estrutural é um conjunto de práticas, de hábitos, de situações, de falas, de costumas que está arraigado em toda a estrutura e que precisa ser combatido. “É um conjunto de práticas que deve ser combatido diariamente, pois ele segrega e discrimina. Os nossos debates são para encontrarmos caminhos para combater o racismo estrutural em Itapevi”, disse Aparecido.

 A ação também conta com o apoio e organização da Comissão da Promoção da Igualdade Racial – Proracial, da Prefeitura, da Comissão da Igualdade Racial da OAB em Itapevi, da Ouvidoria e da Unidade de Acessibilidade, Diversidade e Inclusão da Câmara de Itapevi.

Confira mais fotos.