18 DE MAIO – Câmara de Itapevi promove palestra no Dia de Combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

0
65

A Câmara de Itapevi realizou em 18 de maio uma palestra alusiva ao Dia Nacional de Combate Ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento foi promovido pela Procuradoria da Mulher em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, Desenvolvimento Social e Cidadania e Segurança e Mobilidade Urbana.

Foram duas palestras, sendo a primeira proferida pela Capitã Sandra Aparecida Santos, que comanda a 3ª Companhia do 20º Batalhão da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Ela discorreu sobre “Os antecedentes históricos do Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

Já a segunda palestra ficou a cargo da Delegada Titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Itapevi, Dra. Francini Imene Dias Ibrahim, trouxe uma reflexão sobre o tema “18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

A programação realizada pela Prefeitura de Itapevi, em parceria com as Polícias Civil e Militar, além da Ordem dos Advogados do Brasil de Itapevi e o Conselho Tutelar do município, faz parte da campanha “Maio Laranja”, que tem como objetivo combater o abuso e exploração sexual das crianças e adolescentes.

Com uma série de medidas de enfrentamento ao tema, os organizadores irão promover diversos eventos. Como parte das ações, serão colocados dois banners na Delegacia de Defesa da Mulher, sediada na Vila Santa Rita, e também no prédio administrativo da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, pasta que auxilia na organização do evento.

Na Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana será realizada uma roda de conversa com a presença de representantes da ONG Ser Amor e de pessoas da comunidade. Serão distribuídos laços laranjas simbolizando a luta em prol do movimento.

Clique aqui e confira as fotos do evento.

Sobre o Maio Laranja

A Lei 9.970/2000 institui o dia 18 de maio como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. A data simboliza a morte trágica de Araceli Crespo, que quando tinha 8 anos, em 18 de maio, foi sequestrada, drogada, violentada sexualmente e assassinada, em Vitória, no Estado do Espírito Santo, , em um crime marcado pela impunidade.

A Câmara de Itapevi promulgou a Lei nº 2.700/19 que instituiu a campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, sempre realizada no mês de maio, que leva o nome de Maio Laranja, e tem por objetivo a realização de atividades que visem à conscientização, à prevenção, à orientação e ao combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

A cor é inspirada na flor laranja da gérbera, muito conhecida no Brasil, simboliza a vulnerabilidade e fragilidade da criança. Cada vida importa, cada criança e cada adolescente deve ser protegido de todas as formas violências. Não se pode normalizar a violência sexual. Toda pessoa que testemunhar, souber ou suspeitar de violências contra crianças e adolescentes deve denunciar. Proteger é responsabilidade de todos.

Programação completa:

17 de maio – Palestra na Ordem dos Advogados do Brasil – Abuso sexual de Crianças e Adolescentes – Responsabilidades e Meios de Denúncia. Palestrantes: Capitã Sandra Aparecida dos Santos, comandante da 3ª Cia da PM de Itapevi; Francini Ibrahin, delegada titular da DDM de Itapevi e GCM Magda, responsável pelo programa Guardião Maria da Penha em Itapevi. Transmissão ao vivo pelo Instagram @cddca.itapevi.

18 de maio – 18h – Abertura da Campanha – Maio Laranja – Câmara dos Vereadores

20 de maio – 9h – Polícia a serviço da população – orientação sobre atendimento e violência infantil no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Amador Bueno

25 de maio – 9h – Polícia a serviço da população – orientação sobre atendimento e violência infantil no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Maristela

26 de maio – 9h – Polícia a serviço da população – orientação sobre atendimento e violência infantil no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Aurora

31 de maio – 9h – Polícia a serviço da população – orientação sobre atendimento e violência infantil no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Cardoso

 

Um alerta sobre o abuso

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor.

O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

É importante denunciar para que o abusador não volte a violentar a criança ou o adolescente, nem outras crianças ou adolescentes sejam também sexualmente abusadas.

Denuncie

Se você tem conhecimento de algum caso de abuso sexual infanto-juvenil, denuncie. Sua colaboração é fundamental para garantir a segurança e proteção de nossas crianças e adolescentes. Ligue para o Disque 100 ou diretamente para o Conselho Tutelar de Itapevi pelo telefone (11) 4142-1180.

Ainda é possível entrar em contato com a Polícia Civil pelo Disque Denúncia 197, Polícia Militar 190, GCM 199 e 153, e Delegacia de Defesa da Mulher de Itapevi 4450-6779, além do Ministério Público 4141-0970.