Teco propõe título de cidadão itapeviense a Gugu Liberato

Na sessão de terça-feira, 13 de outubro, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Itapevi, Marcos Godoy – Teco (PV) apresentou o projeto de decreto legislativo 21/2009, que concede o título de cidadão itapeviense ao apresentador Antonio Augusto de Moraes Liberato – o Gugu Liberato, sendo aprovado por 11 votos favoráveis e duas ausências.

Na justificativa do projeto Teco descreve as diversas passagens de Gugu pela cidade de Itapevi, sempre trazendo alegria. Tudo começou com uma visita ao orfanato Lar Irmão José, que na época abrigava mais de 40 crianças. No auge da música sertaneja, o apresentador foi surpreendido por dois irmãos que decidiram retribuir a visita de Gugu na instituição com uma apresentação musical. Surpreso com o preparo dos meninos, Gugu convidou Jean e Marcos para gravar um CD e integrar o casting de artistas da empresa Promoart.
No SBT, programa Domingo Legal, no quadro De Volta para Minha Terra, mostrou a emocionante história de Julio Cesar e Elimarcia que após anos vivendo em Itapevi, resolveram voltar para a cidade de Aracajú – Sergipe.
E agora na Record, com o programa do Gugu, no quadro Sonhar mais um Sonho, Gugu está realizando o sonho da moradora do bairro Rainha, na rua João Pinto, onde os proprietários  tiveram sua casa toda em chamas devido um incêndio ocorrido no começo do mês de outubro. Os mesmos escreveram para o programa do Gugu, que tiveram seus desejos atendidos, a casa está sendo reformada, sendo que o serviço já foi iniciado, tendo o prazo de entrega de 20 dias, deixando com certeza toda a família muito feliz.

“Diante deste relevante trabalho dedicado as causas de nossa população, proponho o título de cidadão itapeviense ao apresentador Gugu Liberato”, justificou o vereador Teco.

 

Teco solicita salas de inclusão no Ensino de Itapevi

O vereador Marcos Godoy - Teco (PV) apresentou o requerimento 257/09 que solicita do Poder Executivo junto a Secretaria da Educação informações sobre a possibilidade para que seja implantado na rede municipal de ensino salas de recursos multifuncionais para os alunos de inclusão, bem como professores capacitados para este tipo de ensino.

Na justificativa do requerimento Teco informa que a União Federativa do Brasil, representada pelo Ministério da Educação, por intermédio da Secretaria de Educação Especial, torna público e convoca as Secretarias de Educação dos Estados, Municípios e Distrito Federal para participarem do Programa de Implantação de salas de recursos multifuncionais.

O programa apóia os sistemas de ensino na implantação de salas de recursos multifuncionais, com materiais pedagógicos e de acessibilidade, para a realização do atendimento educacional especializado, complementar ou suplementar à escolarização. A intenção é atender com qualidade os alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, matriculados nas classes comuns do ensino regular. O programa é destinado às escolas das redes estaduais e municipais de educação, em que os alunos com essas características estejam registrados no Censo Escolar MEC/INEP.

 

Câmara aprova moção de apelo ao Congresso Nacional

Na sessão de terça-feira, 6 de outubro, foi aprovada a moção de apelo 25/09 ao Congresso Nacional (Câmara de Deputados e Senado Federal), Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo e Câmaras de Vereadores de São Paulo, para que não aprovem a lei que estabelece  a Contribuição Social da Saúde – CSS, devido ser mais um tributo implantado no Brasil, tendo como contribuinte principal a sua população.

A bancada do PT, composta pelos vereadores Adilson Peres, Cláudio Dutra Barros e Fláudio Azevedo Limas foram os únicos a votarem contrário a moção de apelo.

 A justificativa da moção informa que hoje no Brasil há um total de 85 impostos e tributos. E de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário e Associação Comercial de São Paulo, a arrecadação de impostos no Brasil no período de janeiro a setembro foi de aproximadamente R$767 bilhões.

Câmara aprova denominação de Campo de Futebol

A Câmara Municipal de Itapevi aprovou na terça-feira, 6 de outubro, um projeto de lei de autoria dos vereadores Marcos Godoy – Teco (PV) e Akdenis Mohamed Kourani (PRB) que denomina de José dos Reis – “Zé Pavão” o Campo de Futebol da Santa Rita.

José dos Reis – “Zé Pavão” chegou a Itapevi no ano de 1953, vindo de Minas Gerais, a procura de emprego e novas oportunidades. Em Itapevi trabalhou na padaria do Sr. Essio Grassi, sempre com muita disposição e principalmente com muito caráter e honestidade, assim conquistou a confiança de várias pessoas de Itapevi e com o passar dos anos conseguiu abrir seu próprio negócio, a Lanchonete Mineirão, que anos depois tornou o famoso Bar do Pavão, sendo o ponto de encontro dos jogadores e torcedores do América FC.

“Este projeto merece atenção, pois a nova denominação é uma justa homenagem ao ilustre cidadão itapeviense, José dos Reis – Zé Pavão”, justificou os autores do projeto.

Teco e Paulinho homenageiam a Patrulha de Trânsito da GCMI

A Patrulha de Trânsito da GCMI foi homenageada na sessão de terça-feira, 6 de outubro, por meio de uma Moção de Aplauso de autoria dos vereadores Marcos Godoy – Teco (PV) e Paulo Rogiério de Almeida (PTB), devido à execução do projeto “Educação de Trânsito não tem idade”.

O projeto “Educação de Trânsito não tem idade” foi implantado pela Guarda Civil Municipal, visando levar a educação de trânsito para as escolas públicas, empresas, associações, e toda população. 

O projeto conta com estrutura de mini-pista dotada de faixa de segurança, semáforos, sinalização de placas e de solo, mini-carros elétricos e bicicletas, além do Almanaque do Trânsito. As crianças após uma aula teórica aprendem na pratica como se deve comportar no trânsito. Já participaram do projeto mais de 3500 estudantes da rede municipal de ensino.

 A patrulha é formada pelos agentes Vandice de Jesus oliveira Lopes, Maria Terezinha de Matos Silva, Samuel Silveira Lopes, José Claudemir dos Santos, Willian de Araújo Cruz, Themistocles Loyola Batista, Antonio Carlos Batista dos Santos, Dilma Nascimento dos Santos e Edney Pinheiro.

Sub-categorias