Plenário aprova questionamento sobre canalização do Rio Paim

 

Requerimento questionando o início das obras do Rio Paim é aprovado no Plenário Bemvindo Moreira Nery, na sessão da última terça-feira (7). 

Proposto pelo vereador Eduardo Kiko (Pode), o rio é um ponto crítico na cidade no período das chuvas. “O poder público executou os serviços de limpeza e desassoreamento, mas quando as ruas que margeiam são lavadas, os sedimentos e lixo existente vão parar no rio”, destacou o vereador. 

No documento, o vereador também destacou que a vegetação existente no percurso do rio deixa a vazão da água mais lenta.

Mediante os expostos, o vereador questiona a secretaria municipal de planejamento e gestão sobre:  “Diante da situação ter se tornado insustentável ao longo dos anos, a obra será executada em 2018? ”, “Se não houve perspectivas para esse ano, qual a previsão? ” E “Há alguma restrição com relação as licenças ambientais? ”. 

Aprovado por unanimidade, o requerimento foi subscrito pelos vereadores Bruxão Cavanha (PR), presidente da Câmara; Professor Rafael (Podemos); Yacer (PSB) e Aparecido (Podemos).